Acusado de agredir a mulher, Naldo diz que vai 'buscar ajuda'

Valeria Vaz
8 Dezembro, 2017

Naldo foi preso em flagrante nesta quarta (6), em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, por posse ilegal de arma de fogo, que a polícia descobriu durante as investigações sobre a agressão. Em um vídeo divulgado para a imprensa, nesta quinta-feira (7), o cantor aparece chorando e implorando o perdão da funkeira e do público.

"Quero pedir perdão à minha mulher". Eu amo muito a minha mulher. Quem me conhece sabe o cara de bem que eu sou. Estou aqui morrendo de saudade da minha filha, da minha mulher. Ele admitiu estar "arrependido" e afirmou que irá "lutar pela família". Eu amo muito a minha mulher. "Se eu tiver que mudar para ter minha família de volta, eu mudo". Te pegar de madrugada pra fazer com a nossa cara, te quero tanto.é agora nossa hora, sua boca me devora, te quero tanto, te dou te entrego tudo! "Eu já estou em busca de ajuda, já estou em busca de profissionais que possam me ajudar para que eu possa estar em condições de rever tudo o que eu fiz, de ser um ser humano melhor".

- Eu tenho fé em Deus que vou conseguir isso. Segundo ela, outras agressões do artista já acontecem há sete anos, desde antes do casamento dos dois, e são motivadas por ciúmes.

Em conversa com o site 'O Fuxico', a assessoria da Mulher Moranguinho falou sobre o caso. Eu peço orações para as pessoas que me amam, as pessoas que amam a minha mulher, a minha família.

Após ser solto no início da tarde desta quarta-feira, Naldo Benny seguiu com sua agenda de compromissos.

A delegada Viviane Costa, titular da DEAM, falou sobre o caso: "A esposa dele veio na delegacia e comunicou ter sido vítima de lesão, injúria e ameaça, e verificamos a possibilidade dele ter uma arma não registrada". A polícia foi acionada e ao encontrar uma arma ilegal na residência do cantor, ele foi preso. Segundo ela, o cantor a agrediu com socos, pontapés, chutes e puxões de cabelo.

Mais artigos por OlimpiaDasRio

Deixe um comentário sobre o artigo

Ação