Romero Jucá é hostilizado por passageira durante viagem de avião — Vídeo

Valeria Vaz
1 Декабря, 2017

"O senhor deveria ter vergonha", disse a passageira.

A passageira ainda se refere à frase que faz parte da conversa divulgada em maio de 2016, entre o Jucá e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, em que ambos fazem referência ao pacto.

Na gravação, Jucá fala: "Rapaz, a solução mais fácil era botar o Michel [Temer]". Gente, o Jucá, do grande acordo nacional, do Supremo com tudo. "Como é que está funcionando o acordo?", questiona a mulher.

Rúbia pergunta se ele, sendo do PMDB, é honesto. Um outro passageiro diz: "Vai bater em mulher?"

Assim que acomodou-se no assento, a passageira questionou se Jucá conseguiu estancar as investigações da Lava Jato e se "salvou seus amigos canalhas".

Jucá acusou a passageira de ser petista e tentou arrancar o celular de sua mão, mas foi impedido pela própria Sagaz que inquiriu o político sobre o "acordo para a reforma da Previdência, para a reforma Trabalhista" e para a emenda constitucional que congelou os gastos públicos por 20 anos.

Em resposta, Jucá retrucou: "Você deve ser petista".

Sagaz publicou o vídeo em sua página no Facebook, dizendo que "lavou a alma". "Partido bom é o PMDB?" Esta não é a primeira vez que o peemedebista é hostilizado em um voo. Em fevereiro deste ano, o presidente do PMDB foi abordado por passageiros ao desembarcar no aeroporto de Boa Vista (RR).

A assessoria do senador informou que a mulher que aparece no vídeo já foi identificada, e o parlamentar avalia com seus advogados se tomará alguma medida.

Mais artigos por

Deixe um comentário sobre o artigo

Ação

O último é de

Outras notícias