Vítimas mortais em naufrágio junto à Figueira da Foz

Valeria Vaz
30 Ноября, 2017

As buscas, que se prolongaram durante a noite com uma corveta da Marinha, contam agora com um helicóptero da Força Aérea, entre outros meios.

O corpo foi encontrado ao início da tarde, disse aos jornalistas o comandante do porto da Figueira, Silva Rocha.

"Viriam a ser encontrados dois corpos que foram transportados para a Base Aérea N.5 - Monte Real", afirmou o comandante, acrescentando que no barco seguiam quatro tripulantes e que, por isso, há ainda dois desaparecidos.

A repórter da RTP, Fátima Pinto, fez o ponto da situação às 09h30 da manhã, com o comandante do porta da Figueira da Foz, Silva Rocha.

O naufrágio ocorreu a 11 milhas (24 quilómetros) da costa da Figueira da Foz e não houve pedido de socorro. Acerca dos destroços da embarcação que se encontravam a flutuar na zona do naufrágio, o militar da Armada corrigiu que se trata de "objetos que estavam a bordo da embarcação de aço".

Os meios de salvamento foram ativados assim que foi recebido o alerta no Centro de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa, via rádio baliza de emergência (EPIRB), às 4h16 desta quarta-feira, que por norma só é ativado manualmente ou quando a embarcação vai ao fundo. Segundo a Marinha, a embarcação de pesca, de nove metros e registada na Figueira da Foz (embora a tripulação seja de Peniche), poderia ter mais dois tripulantes, mas essa informação ainda está por confirmar.

Mais artigos por

Deixe um comentário sobre o artigo

Ação

O último é de

Outras notícias