Assim como Picciani, deputado Edson Albertassi pede licença de seu mandato

Simao Alves
20 Novembro, 2017

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) entrou com um pedido de liminar na Justiça solicitando que a sessão que revogou a prisão do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, e os deputados Paulo Melo e Edson Albertassi seja anulada.

Os três parlamentares da Alerj se entregaram à Polícia Federal (PF) na quinta-feira (16) após serem indiciados na Operação Cadeia Velha, um desdobramento da Lava Jato deflagrado no início da semana. O MP pede ainda que seja realizada uma nova sessão para decidir sobre as prisões dos acusados na operação Cadeia Velha. A operação investiga o uso de cargos públicos para a prática de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas em combinação com empresas de ônibus que atuam no estado. Uma nota emitida neste domingo (19) diz que o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) deixará o cargo na terça-feira (21) e só deve retomar o posto em fevereiro de 2018. A medida foi tomada em medida cautelar penal, depois de pedido apresentado pelo Ministério Público Federal (MPF), que encaminhou ao relator uma listagem com nomes e valores referentes aos bens das pessoas físicas e jurídicas. A empresa gerenciada por Felipe e comandada pela família há 33 anos teve a conta bloqueada como parte da operação. Após a ação, o deputado desistiu de ir para o tribunal. "Sobre os movimentos em curso para que ele e os deputados Paulo Melo e Edson Albertassi sejam afastados do cargo, Picciani disse que aguarda a decisão com serenidade e, se for o caso, vai recorrer".

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a entidade afirma que as assembleias estaduais estão utilizando dispositivos exclusivos de parlamentares da Câmara dos Deputados e do Senado.

A nota informa ainda que Albertassi "vai protocolar ofício se desligando de todas as comissões permanentes que participa" na Alerj e, também na terça-feira, "enviará ofício ao governador, comunicando seu desligamento da Liderança do Governo".

Mais artigos por OlimpiaDasRio

Deixe um comentário sobre o artigo

Ação