Sumida, jovem que combinou carona via mensagem é achada morta em MG

Eugenio Paiva
4 Ноября, 2017

A jovem radiologista Kelly Cristina Cadamuro, de 22 anos, foi encontrada morta na tarde desta quinta-feira (2), entre os municípios de Frutal e Itapagipe, em Minas Gerais. Além do homem que confessou a autoria do crime, um outro disse que o ajudou a matar Kelly. Ele possui passagens pela polícia por roubo, estelionato e lesão corporal enquadrada pela Lei Maria da Penha. O assassino alegou aos policiais que matou a jovem e jogou o corpo em um rio.

Uma mulher combinou dar boleia a um desconhecido através da Internet e, alguns dias após estar desaparecida, foi encontrada sem vida, seminua e com a cabeça mergulhada em água.

- Ele negou veementemente (o estupro), mas isso só a perícia vai dizer. A polícia encontrou o carro da jovem abandonado e sem as quatro rodas, o rádio e o estepe em uma estrada rural entre São José do Rio Preto e Mirassol (SP). Os outros dois detidos, que podem estar ligados ao desmanche do carro da vítima, devem ser mantidos em São José do Rio Preto. No entanto, o delegado da Polícia Civil de Frutal, Bruno Giovanini de Paula, informou ao G1 que uma terceira pessoa foi presa. Mas iso vai ser investigado também - disse o delegado. O terceiro envolvido no crime, Jonathan Pereira do Prado, que confessou o latrocínio, estava foragido do Centro de Progressão Penitenciária desde março deste ano. Vander Luis Cunha e Daniel Theodoro da Silva, por receptação.

O corpo de Kelly é velado desde o início da madrugada em Guapiaçu, onde Kelly morava com a família, e o horário do enterro ainda não foi divulgado. No horário da saída, no entando, apenas um rapaz apareceu e viajou com a jovem.

Kelly fez o último contato com Marcos Antônio, por volta das 19h23min, quando parou em um posto na BR-153, e às 19h24min foi a última vez que esteve on line no aplicativo WhatsApp. Câmeras de segurança mostraram quando ela passou por um pedágio em Minas Gerais.

Um dos suspeitos, apontado como o passageiro que viajou com a radiologista, será encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Frutal ainda nesta sexta-feira (3).

Continuem com esse tal de Whatsup! Faça-me o favor. Está é procurando sarna pra se coçar.

Mais artigos por

Deixe um comentário sobre o artigo

Ação

O último é de

Outras notícias