Com time misto, Santos enfrenta o Botafogo

Abelardo Nogueira
17 Setembro, 2017

É uma competição importante, temos que brigar para focar lá em cima.

O técnico Jair Ventura não admitiu que irá utilizar os reservas para a partida e fechou os últimos treinamentos.

Ainda que a prioridade seja a Libertadores, a partida de hoje é importante para as pretensões do alvinegro no Campeonato Brasileiro: se ganhar, pode se firmar no G-6.

O Santos, por sua vez, enfrentou uma verdadeira maratona na viagem de volta do Equador.

Jair deve poupar a maior parte dos titulares no fim de semana por causa da proximidade do jogo da volta contra o Grêmio, na quarta, valendo vaga na semifinal da Copa Libertadores. "Este jogo é importante, estamos brigando em cima". Porém, apenas o goleiro deve seguir como titular. Recuperado de uma ruptura no músculo adutor da coxa direita, o argentino ficará no banco de reservas. "Não temos que entrar no jogo com pensamento que é time reserva porque é o Santos. Vamos precisar modificar a equipe, mas estamos conscientes da nossa responsabilidade e confio no grupo que vai a campo", comentou o treinador santista.

BOTAFOGO: Gatito; Luís Ricardo, Marcelo, Emerson Silva e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense, Bruno Silva e Marcos Vinícius; Guilherme e Brenner. Agora, no returno, o Alvinegro terá a chance de compensar as distrações do primeiro turno para conseguir uma boa colocação no Brasileiro e tentar se manter na zona de classificação para a Libertadores. Na ocasião, o Peixe havia acabado de demitir Dorival Júnior e era comandado pelo interino Elano.

Santos: Vanderlei, Daniel Guedes, Luiz Felipe, Fabián Noguera (David Braz) e Orinho; Leandro Donizete, Léo Cittadini e Jean Mota; Thiago Ribeiro, Vladimir Hernández e Kayke.

Mais artigos por OlimpiaDasRio

Deixe um comentário sobre o artigo

Ação