Deixem-no jogar: Ronaldo marca a cada 50 minutos

Abelardo Nogueira
16 Setembro, 2017

Cristiano Ronaldo colocou mãos à obra e com mais dois golos celebrou a paixão por esta prova. Ele comandou a vitória do Real Madrid sobre o Apoel, na rodada de abertura da Uefa Champions League.

Na antevisão ao jogo de estreia na Liga dos Campeões, frente ao APOEL, Zidane admitiu que queria a continuidade de Álvaro Morata. Diante do bem mais fraco time do Chipre, os espanhóis nem precisaram se esforçar muito para vencer por 3 a 0 no retorno de Cristiano Ronaldo. Por isso, ainda não estreou pelo Real na La Liga. Para alívio de Zinedine Zidane.

As únicas ausências de peso para o técnico francês foram as dos compatriotas Raphael Varane e Karim Benzema. O jovem Asensio também não joga.

Se ontem foi dia de Neymar e Messi, nesta quarta-feira, Cristiano Ronaldo brilhou soberano. No meio de campo, o fortíssimo tridente: Casemiro, Modric e Kroos. Com a saída de Neymar do Barcelona, o craque argentino voltou a ser o único jogador desconcertante da equipe e não sentiu a pressão de ter de liderar os catalães contra a Juventus, justamente seu algoz da última edição da Liga dos Campeões. Pelo grupo F, o Manchester City dos comandados de Guardiola vão até a Holanda enfrentar o campeão holandês Feyenoord, enquanto Shakhthar e Napoli duelam na Ucrânia o outro jogo do grupo. Pelo Grupo G, mais dois duelos: Leipzig x Monaco e Porto x Besiktas.

No Grupo E, tudo igual: Liverpool e Sevilla empataram em 2 a 2, na Inglaterra, enquanto Maribor e Spartak Moscou ficaram no 1 a 1, na Eslovênia.

Mais artigos por OlimpiaDasRio

Deixe um comentário sobre o artigo

Ação