Governo Regional dos Açores concede tolerância de ponto a 12 de maio

Rafael Roque
7 Mai, 2017

A tolerância de ponto para os trabalhadores da função pública a 12 de maio, dia em que o Papa Francisco chega a Portugal, foi hoje oficializada com a publicação em Diário da República.

De acordo com o documento, "os serviços e organismos que, por razões de interesse público", tenham de funcionar nesse período, devem ser dispensados do dever de assiduidade dos trabalhadores em dia posterior.

O porta-voz da GNR, major Bruno Marques, referiu não haver registo de incidentes envolvendo peregrinos e condutores, apelando às pessoas que se deslocam a pé para Fátima para "utilizarem os caminhos pedestres, que estão devidamente assinalados, e evitarem estradas nacionais com circulação de veículos, de forma a garantir a sua segurança e a dos automobilistas".

O estádio do clube português de futebol Fátima será rebatizado com o nome do papa Francisco, que será homenageado no dia 12 de maio durante visita ao célebre santuário na próxima semana.

A decisão é ainda justificada com a "tradição já existente", sedimentada na concessão de tolerância de ponto aquando das visitas a Portugal dos papas João Paulo II e Bento XVI.

A GNR não revela o número de operacionais envolvidos na operação de segurança da peregrinação que assinala a comemoração do Centenário das Aparições e a proclamação de Jacinta e Francisco Marto como santos, mas nas ruas são visíveis militares quase de 50 em cinquenta metros, com especial incidência nas duas principais rotundas de acesso ao centro da Cova da Iria e nas imediações do recinto de oração.

Mais artigos por OlimpiaDasRio

Deixe um comentário sobre o artigo

Ação